28 de jan de 2016

Poemas do Senhor dos Anéis para download no Tolkien Brasi


Novidades para os fãs de Jane Austen e agora novidades para os fãs de Tolkien. Como eu conheço as pessoas responsáveis pelo Tolkien Brasil, pedi permissão e me concederam. O Sérgio Ramos conseguiu autorização do Ronald Kyrmse, um dos maiores estudiosos de Tolkien, para disponibilizar para download no site Tolkien Brasil todos os poemas de O Senhor dos Anéis, revisados e com nova tradução de Kyrmse. Para saber mais sobre os poemas e poder baixar o doc, basta clicar no link da notícia do TB.


Para quem não conhece Ronald Kyrmse, ele é um membro da Tolkien Society e estudioso das obras de Tolkien há muitos anos. Atuou como consultor ou tradutor em quase todas as publicações do mestre no Brasil e é autor do livro Explicando Tolkien. Como toda aficcionada por Tolkien, eu tenho o livro, confiram a resenha.

21 de jan de 2016

O Hobbit e a filosofia (William Irwin)


Título: O Hobbit e a filosofia
Autor: William Irwin
Editora BestSeller, 265p.

Na Terra-média, a mágica não é um meio pelo qual se pode violar os princípios que governam o funcionamento do mundo. Não é um poder que permite fazer qualquer coisa que se pode imaginar.

A sabedoria contida em O Hobbit, é disso que trata este livro. Através de ensaios de alguns estudiosos, aborda-se algumas questões e posicionamentos vistos no primeiro livro de Tolkien através da ótica dos maiores filósofos de todos os tempos. Cada aspecto da obra é analisado: Bilbo Bolseiro tem seu lado Tûk despertado ao ouvir Thorin cantar sobre o ouro antigo de seu povo e se torna aventureiro, e durante a aventura, cosmopolita; o que é guerra justa na visão de Tolkien e a glória decorrente dela; o livro arbítrio e a tomada de decisões, tão decisivas no curso da história do livro (o fato de Bilbo pegar o Anel, não matar Gollum quando teve chance e entregar a Pedra Arken para os elfos e homens); a visão de Tolkien sobre magia e tecnologia; a sorte de Bilbo Baggins e sua esperada volta para casa.

Vamos a primeira resenha do ano. Eu consegui esse livro em uma troca, estava curiosa e fui atrás. A leitura é bem leve, divertida e instrutiva e as informações são profundas. Aspectos e elementos que antes eu nunca havia reparado em O Hobbit, agora tenho certeza que virão a minha mente na próxima vez que eu ler este livro. Eu já amava Tolkien muito antes de ler este livro, agora amo mais ainda o gênio da literatura que foi Tolkien.

19 de jan de 2016

Tributo a Alan Rickman, meu eterno Coronel Brandon

FELIZ 2016!!!!!! 
Peço desculpas pelo atraso, já que o ano novo começou faz mais de 15 dias, mas só agora que estou conseguindo voltar a ativa. De um jeito muito estranho, esse ano conseguiu até o momento trazer notícias boas e ruins, no que diz respeito aos fãs de Jane Austen. Da notícia boa eu falo em outro post, Primeiro, preciso fazer uma singela homenagem a um ator fantástico.


A notícia ruim, e que me pegou e a todos completamente desprevenida, foi a notícia de falecimento do ator Alan Rickman, nosso eterno (e o melhor, na minha opinião) Coronel Brandon. O ator faleceu após uma longa luta contra o câncer no dia 14 de janeiro aos 69 anos. Um ator carismático, ele se tornou marcante em suas atuações pelo talento e pela bela voz, e marcou minha adolescência com sua atuação apaixonante em Razão e Sensibilidade (1995) como Coronel Brandon e nos filmes de Harry Potter, como o odiado professor de poções, Severo Snape. Descanse em paz.

29 de dez de 2015

FELIZ ANO NOVO!!!!

Só passando para desejar um Feliz natal (atrasado) e um ótimo fim de ano. Que 2016 traga muita saúde, paz e sucesso a vocês, seguidores queridos!


24 de dez de 2015

The Lord of the Rings (Brian Sibley)


Título: The Lord of the Rings: official movie guide
Autor: Brian Sibley
Editora Houghton Mifflin Harcourt, 120p.

Este livro inicia com uma breve apresentação sobre o início da produção d'O Senhor dos Anéis, desde o momento em que Peter Jackson se interessou em filmar a série, mostrando um pouco de seus trabalhos como diretor. A parte realmente interessante começa com o capítulo 2, From book to script, onde Sibley aborda todo o trabalho que se teve para transformar a trilogia em roteiro de filme, passando pela criação do mundo de Tolkien (a escolha das locações e a transformação desses lugares na terra-média) até as criaturas do autor. O livro conta com pedaços de informações dos próprios atores sobre seus personagens, falando dos principais da história. Na realidade, esse livro é menor do que o outro de Sibley, que também fala do making of dos filmes, mas traz algumas informações novas, como por exemplo: um esboço do diretor de arte sobre o tamanho dos tipos de personagens, comparando-os para poder ter uma idéia de escalas na hora da filmagem. Eu gostei porque além de informações novas, o livro também traz muitas imagens e fotos maravilhosas, sendo as principais: Peter Jackson sentado no trono de Saruman na Torre de Orthanc (para mim, aquele cenário não era real), e uma visão da maquete de Valfenda (que é perfeita!). Muito recomendado para qualquer fã da trilogia.

22 de dez de 2015

Behind Jane Austen’s door (Jennifer Forest)


Título: Behind Jane Austen’s door
Autora: Jennifer Forest
54p.

Jane Austen nunca teve controle sobre onde morava ou com quem morava. A proposta de casamento que ela recebeu de Harris Bigg-Wither, que proporcionaria a ela ser dona de sua própria casa, foi recusada e Jane viveu e morreu na casa de sua mãe. Não é de se admirar que seus romances baseiem-se em casas, em lares, sempre um tema central, seja em Orgulho e Preconceito, seja em Persuasão ou Mansfield Park. Cada uma de suas heroínas luta para ter sua própria casa: o casamento para elas significa não só uma aliança romântica, mas um lar onde elas serão as donas e senhoras. Cada capítulo do livro explora um lugar de uma casa da Regência, descrevendo cada um deles e o que as mulheres fazem nele. O hall de entrada pode ser um aposento prático ou suntuoso, mas em qualquer caso, tem o mesmo objetivo (indicar quem será encaminhado a sala de estar). A sala de estar é o cômodo “público” da família, onde se recebe a visita e onde se mostra o grau de riqueza da família. A sala de jantar difere da sala do café da manhã por esta ser um lugar mais íntimo da família. O vestiário, além de ser um lugar para se guardar as roupas e se banhar, é um dos cômodos mais privativos da dona da casa, assim como o quarto em si. A boa administração da cozinha é um dos fatores que mostra o quanto uma dama foi educada para supervisionar de forma correta sua própria casa.
Mais um livro bem curtinho sobre Jane Austen com uma leitura bem leve. Além de mostrar plantas do térreo e do primeiro andar, com cada cômodo que a eles pertencem, a autora também fornece um apêndice sobre a era regencial. Recomendo.

17 de dez de 2015

Pré-venda do livro Tolkien l'esperantista: Prima dell’arrivo di Bilbo Baggins


Saiu esses dias no site Tolkien Brasil que Oronzo Cilli, um conhecido fã de Tolkien, já está vendendo seu livro J. R. R. Tolkien, o Esperantista – Antes da Chegada de Bilbo Bolseiro (tradução de Sérgio Ramos). O livro, co-escrito por Arden Smith e Patrick Wynne, tem 160 páginas e traz prefácio do famoso estudioso de Tolkien, John Garth. Não existem informações sobre uma possível tradução para o português, no entanto talvez saia uma edição em inglês. No aguardo de confirmação. Mas pra quem sabe italiano e quiser saber como comprar, basta clicar aqui.
Eu já havia postado aqui sobre a relação entre Tolkien e o Esperanto. Quem não leu na época o post pode ler agora, só clicar no link.

15 de dez de 2015

Ajude uma criança e leve um mimo de presente da Jane Austen Literacy Foundation!


Estes dias achei uma novidade (pelo menos para mim) na página do facebook All things Jane Austen. Eles estavam divulgando uma iniciativa da Jane Austen Literacy Foundation. Para os apaixonados por Jane Austen que querem se presentear ou a um amigo, a organização está dando um bookplate (para quem não sabe, bookplate é aquele pedaço de papel decorado que é colado na capa de um livro tem o nome do dono) personalizado. Para isso, basta entrar no site da Jane Austen Literacy Foundation e fazer uma doação. Além de levar esse mimo, estará ajudando a organização a distribuir livros para comunidades e crianças carentes. Uma ótima maneira de ajudar quem precisa em nome de Jane Austen. Para saber mais sobre a organização e como eles trabalham, basta clicar neste link.

26 de nov de 2015

The Lord of the Rings (Brian Sibley)


Título: The Lord of the Rings: the making of the movie trilogy
Autor: Brian Sibley
Editora Houghton Mifflin Harcourt, 192p.

Este livro começa com uma descrição da noite de estréia do primeiro filme da trilogia O Senhor dos Anéis, depois pula para o início de tudo, quando Peter Jackson ainda estava no início da produção. Sibley descreve tudo sobre os dois primeiros filmes, incluindo figurino, os sets de filmagem, os efeitos usados, a trilha sonora, as armas, tudo. O livro tem muito material adicional, como fotos nunca vistas, e algumas informações que podem ser de conhecimento público, mas bem mais detalhadas, como por exemplo: o fato de Viggo ter sido o último ator a ser escalado e que ele chegou na Nova Zelândia quando todos os outros atores já haviam criado algum tipo de laço entre si; como ele já era um excelente cavaleiro (o que facilitou suas cenas a cavalo) e como ele mesmo “tomava conta” de sua espada.
Outras informações que eu nem fazia idéia e pensava uma coisa, quando na verdade era outra, exemplos: quando Gandalf cavalga Scadufax, usa uma sela branca que fica escondida sob seu figurino (eu pensei que ele montasse sem sela); o cadáver de Boromir no barco era um boneco tão real (eu achei que a mentira fosse o cenário, não o ator), que quando um assistente de produção encontrou-o deitado, achou que Sean Bean estava caído de bêbado; o figurino de Arwen difere do figurino dos outros elfos na cor propositadamente, já que nenhuns dos tons de cinza, verde e amarelos criados para os elfos combinavam, então criaram uma paleta de cores só para ela, com tons de azul e vermelho.
Gostei de saber como foi feita a sequência de cenas do nascimento do Uruk-hai: o ator teve que ser completamente coberto de próteses e praticamente preso em um saco de líquido (para mostrar que era um nascimento) por horas, a cada tomada, tiravam tudo dele, ele tomava banho e repetia-se todo o processo. Existe uma seção inteira para discutir a caracterização de Grima Língua-de-cobra, assim como mostra a criação dos livros e manuscritos que vemos nos filmes. Esse livro é fantástico. As fotos são maravilhosas. Eu geralmente prefiro os livros do Sibley do que os do Jude Fisher justamente por causa da quantidade de informações. Este livro não decepcionou nem um pouco. Completamente recomendado.

24 de nov de 2015

Trailer de Orgulho e Preconceito e zumbies

Eu fiquei meio fora do ar do blog em outubro, e não pude postar aqui com a freqüência que gostaria. Então, só agora estou podendo postar o trailer de Orgulho e Preconceito e zumbis, filme homônimo baseado no livro de Seth Grahame-Smith, que mostra uma versão mais trash do romance de Jane Austen.


Não li o livro e mesmo achando divertido o trailer, provavelmente só verei o filme (que estréia nos EUA em fevereiro mas não tem data marcada no Brasil) a título de curiosidade mesmo, já que esse tipo de mistura entre gêneros literários não me apetece.